sexta-feira, 27 de abril de 2018

LADÁRIO RODRIGUES SILVA

Projeto de Lei 842/67 - CEP: 35680-174
Denomina logradouro público: Ladário Rodrigues Silva


O povo do Município de Itaúna, por seus representantes, decreta e eu, em seu nome, sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º Denominar-se-á Ladário Rodrigues da Silva a atual Rua Jacuí, situada no Bairro de Lourdes, nesta cidade de Itaúna.
Art. 2º Revogadas as disposições em contrário, esta lei entrará em vigor na data de sua publicação.

Sala das Sessões, em 20 de setembro de 1967

Vereador Antônio José Pereira
À Comissão de Finanças, Legislação e Justiça.
Sala das Sessões, em 20 de setembro de 1967
Dr. Guaracy de Castro Nogueira — Presidente

Somos pela aprovação em primeira discussão.
Sala das Sessões, 29 de setembro de 1967
Meroveu Pereira Camargos
Manoel Gonçalves de Sousa
Aprovado em 1º discussão
02 de outubro de 1967
A Comissão de Redação

A Comissão é pela aprovação do projeto com a redação original.
Sala das Sessões, em 3 de outubro de 1967
Antônio José Pereira
Aprovado
Ao Senhor Prefeito
03 de outubro de 1967.



LADÁRIO RODRIGUES DA SILVA

Ladário Rodrigues da Silva, nascido em Itaúna, em 23-ABR-1932, filho de João Rodrigues da Silva e Maria Amélia da Conceição, neto paterno de Enok José da Silva e Maria José Rodrigues, neto materno de Miguel Pereira da Silveira e Amélia Augusta de Faria.


Casado em 18 de abril de 1959 com Elisa Tarabal Coutinho, nascida em 29 de maio de 1938, filha de Moacir Guerra Coutinho e Arina Tarabal, neta paterna de José Alves Coutinho e Elisa Guerra. Pai de Marina Coutinho Rodrigues, casada com Huascar Gomide Soares, pais Andressa Rodrigues Gomide, e de Fernanda Rodrigues Gomide, casada com Eros, estes pais de Clara. Ladário faleceu em 6 de maio 1962, com 30 anos, após um acidente com o ônibus no qual estava regressando de Pará de Minas, onde fora assistir uma partida de futebol.

O ônibus foi colhido por uma locomotiva, no cruzamento próximo ao Hospital de Itaúna, Ladário ainda foi andando para o Hospital, o que a polícia não devia ter permitido, o que provocou sua morte, pois no impacto sua costela havia quebrado e na locomoção perfurou o pulmão, provocando sua morte. No mesmo dia sua irmã mais velha de nome Neide, que morava em Divinópolis e estava doente também faleceu e foram sepultados lado a lado do irmão Nelson, que havia falecido poucos meses antes.

Sua filha Marina, que ficou com um ano na época de sua morte escreveu em sua homenagem: "FUI BUSCAR NO TEMPO OS FATOS E A PERSONALIDADE DE UM HOMEM QUE VIVEU SOMENTE TRINTA ANOS, MAS QUE DEIXOU MARCAS INDELÉVEIS EM MUITOS CORAÇÕES".


Formado como Técnico em Contabilidade, no Ginásio Santana, trabalhou no escritório da Cia de Tecidos Santanense, onde começou a namorar Elisa Tarabal Coutinho.


Trabalhou na Cia de Tecidos Itaunense. Trabalhou no laboratório da Siderúrgica Itaunense, onde adotou uma técnica de queimar tijolos e telhas aproveitando o gás do alto forno e montou uma olaria nos fundos da empresa, às margens do rio São João, com grande sucesso.

Sua vocação era Farmácia, trabalhou durante muito tempo na Farmácia Brasil, de propriedade do Dirceu Alves de Souza, depois na Farmácia Nogueira, do Alfredo Alves de Souza, e por fim montou sua própria farmácia, a Farmácia São Jorge, na Rua Antônio de Matos.



Era muito inteligente, lia e estudava muito, podendo ser comparado a qualquer farmacêutico formado. Era muito humano e generoso, cuidando das pessoas que necessitavam de seus conhecimentos e ajuda. Foi diretor do Clube União, do qual seu irmão Jaime Nogueira Rodrigues era presidente.


FAMÍLIA
Maria Amélia da Conceição e João Rodrigues da Silva são pais de:
Neide Amélia casado com Antenor Ferreira de Melo
Nelson Rodrigues da Silva (Solteiro)
Jaime Nogueira Rodrigues casado com Analita Soares
Albes Rodrigues da Silva casado com Luiza Ferreira
Maria de Lourdes Fonseca casada com Pedro Lourenço da Fonseca
Nialva Rodrigues Penido casada com Newton Penido
Beatriz Amélia de Camargos casada com Mozart Carlos de Camargos
Ladário Rodrigues da Silva casado com Elisa Tarabal
Olga Rodrigues de Queiroz casada com José Moreira de Queiroz
Maria Helena Rodrigues Giarola casada com Waldomiro Giarola
Dalva Rodrigues (Solteira)
Edward Rodrigues da Silva casado com Maria Socorro Rezende Rodrigues
Heli Rodrigues casado com Luiza Lopes

Ladário Rodrigues da Silva


REFERÊNCIAS:
SILVA, Edward Rodrigues da. Arrudas em Minas Gerais – Miguel de Souza Arruda. Revista da ASBRAP: Associação Brasileira de Pesquisadores de História e Genealogia, revista nº 21, SP, 2014, p.712, 718, 724.
PROJETO DE LEI DOS LOGRADOUROS: Câmara e Prefeitura Municipal de Itaúna
COLABORAÇÃO: Patrícia Gonçalves Nogueira
SILVA, Edward Rodrigues da.: Biografia de Ladário Rodrigues da Silva
PESQUISA E ELABORAÇÃO: Charles Galvão de Aquino. Pós-Graduando em História e Cultura no Brasil Contemporâneo - Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).


0 comentários:

Postar um comentário